Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

14/Destaques/grid

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O Nossa Voz desta segunda-feira (22) reuniu duas lideranças de Casa Nova-BA que fazem oposição ao atual prefeito Wilker Torres. O ex-vereador João Honorato e a ex- primeira dama Joelma Cota pontuaram problemas do município e criticaram a gestão do prefeito que, segundo eles, não dá nem expediente na prefeitura.

“O prefeito não anda na prefeitura. Ninguém sabe onde ele está. Eu desafio qualquer um a me dizer qual a última vez que prefeito deu expediente na prefeitura”, declarou João Honorato. Joelma Cota complementou a crítica: “É um prefeito ausente. Na campanha ele prometeu mudança e ele fez essa mudança sim, a mudança dele. Mudou do bairro pro condomínio, mas na prefeitura ele não atende e nem na casa dele”.

Os oposicionistas, que são se apresentaram como possíveis pré-candidatos a prefeitura, falaram também da situação da saúde do município. “Os números falam por si. Vinte crianças morreram este ano no hospital de Casa Nova. São gastos R$ 12 milhões e a gente não vê em que são investidos. (…) A gente sabe que R$ 2 milhões da saúde são gastos só com carros alugados. Mas o Cespe [Centro de Saúde] está fechado”, afirmou João Honorato.

Joelma Cota destacou que falta investimento e até insumos nas unidades de saúde. “Faltam seringas, luvas. A gente vê o desespero de pessoas que trabalham lá. Que até são perseguidas quando reclamam da situação”, relatou a ex-primeira dama.

Ainda no Nossa Voz, o representante da prefeitura, Roninho Queiroz disse que o prefeito sempre anda na sede do governo, mas que tem um trabalho itinerante. “Ele vai até nas comunidades escutar as demandas da população”, justificou.