Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

14/Destaques/grid

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), Carlos Martins, participou da entrega de documentos dos moradores de Casa Nova e Sobradinho que participaram da Caravana da Justiça Social dos municípios. Mais de 600 documentos foram entregues aos moradores das duas cidades. Em Casa Nova, o ato contou com as presenças do prefeito Wilker Torres e da secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Maria Regina.

Os participantes do ato receberam documentos como RG e ID Jovem, emitidos durante as Caravanas, que aconteceram nos dias 30 e 31 de maio. Centenas de moradores participaram da ação, desenvolvida pela SJDHDS em parceria com as prefeituras municipais e outros órgãos.

“Fiz questão de retornar para esses atos de entrega porque isso é a garantia de que os nossos serviços de cidadania acontecem de forma integral. A documentação básica é o primeiro passo para a garantia de acesso aos benefícios sociais, tão importantes nesse momento difícil que o país vive”, afirmou o secretário Carlos Martins.

Durante a Caravana da Justiça Social, a população do município teve acesso, gratuitamente, a diversos serviços, como a emissão de RG, CPF, Certidão de Nascimento, Casamento e Óbito, e Carteira de Trabalho e Previdência Social. Estavam disponíveis ainda atendimento e orientação aos serviços do Passe Livre Intermunicipal e ID Jovem.

Para Martins, a realização das Caravanas da Justiça Social garantem o Estado mais próximo daqueles que mais precisam, “com serviços gratuitos, que é o mais importante para a população que está mais vulnerável socialmente”.

Agricultura Familiar - Ainda em Sobradinho, o secretário participou da inauguração da nova do Serviço de Assistência Socioambiental no Campo e na Cidade (SAJUC). Com 16 anos de história, a associação atua com assistência técnica rural e construção de cisternas de consumo humano e para produção. De acordo com o presidente Pedro Cezar e com o coordenador geral Paulo Macedo, a nova sede permitirá ampliar o trabalho e promover ainda mais a agricultura familiar da região.