Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

14/Destaques/grid

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
A matéria divulgada  no Santana Online onde de acordo com o TCU foi apontado irregularidade na compra de medicamentos realizado pela pasta da Saúde da Prefeitura de Casa Nova. Em resposta enviada à nossa redação, a prefeitura apontou as irregularidades a gestão anterior.

Confira a Resposta
Caro:
Em relação à matéria veiculada neste blog na data de 30 de julho de 2019, com o título “TCU identifica irregularidades em compra de medicamentos em Casa Nova - BA”, para estabelecer a verdade, sem a possibilidade de deduções, como as que estão sendo promovidas nas redes sociais, agradeço-lhe publicar a resposta a seguir:
O prefeito anterior, que exerceu o mandato entre 2013 a 2016, não atendeu um preceito básico de respeito à democracia e alternância de poder e abandonou a prefeitura sem o devido e obrigatório processo de transição;
Ao assumir o atual prefeito, com absoluto desconhecimento da realidade administrativa e financeira; sem conhecimento dos bens, de credores e pessoal, encontrou o caos e após dois anos e seis meses, apesar de todo o trabalho, continua a ser surpreendido pela capacidade de promover a desordem do seu antecessor;
Faltou uma resposta às perguntas clássicas necessárias à elaboração de uma matéria jornalística: Onde, o que, quando e quem? Sabe-se o onde, sabe-se o que, mas não se perguntou, intencionalmente ou por esquecimento, quando e quem.
Quem foi o responsável pelos desvios? Qual período deste superfaturamento?
Em 15 de Janeiro de 2018 enviamos ao Tribunal de Contas da União, em resposta ao ofício de n° 2853480\2017- TCU/SECEX-BA-Processo TC 0 2 2 .6 29 /2 0 1 7 -3, o ofício Of. SMS-30/2018, explicando que a não constituição da Comissão de Transição nos impossibilita de ter conhecimento sobre os malfeitos da gestão anterior.
É possível, portanto, que todas as irregularidades detectadas, os desvios e o superfaturamento, sejam reais e tenham acontecido. Na gestão anterior, pois, isso também não foi dito na matéria: A auditoria realizada teve como alvo o último ano da gestão anterior.
Certos que teremos o mesmo espaço e com a brevidade possível, reiteramos nosso respeito à imprensa livre.

Atenciosamente
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Casa Nova