Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

14/Destaques/grid

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil incinerou, na manhã desta terça-feira (18), sete toneladas de maconha, cocaína e crack. Os materiais ilícitos avaliados em R$ 50 milhões foram apreendidos durante operações em 2017 e 2018, entre elas a ‘Balão Mágico’.
Escoltadas pela Coordenação de Operações Especiais (COE), as viaturas e um caminhão com as drogas seguiram por rodovias estaduais até uma empresa localizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS).
Foto: Alberto Maraux
Os entorpecentes pertenciam a Fábio Souza dos Santos, o ‘Geleia’, capturado em agosto do ano passado, no Paraguai, a Venício Bacellar Costa, o ‘Fofão’, preso em São Paulo, em 2017, a Edson Silva de Santana, o ‘Jegue’, e a Cléber Santos da Silva, o ‘Keu’, estes últimos localizados também na capital paulista, em abril do ano passado.
“Esse processo significa a finalização de ações de inteligência, integradas com a PM e PF. As prisões e apreensões se refletem nas reduções de mortes violentas e roubos a bancos, atividades ligadas a estes criminosos”, comentou o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão.
Na oportunidade, equipes dos Departamentos de Homicídios e Proteção Pessoa (DHPP) e de Polícia Metropolitana (Depom) também destruíram drogas que estavam recolhidas.