Theme Layout

Theme Translation

Trending Posts Display

14/Destaques/grid

Home Layout Display

Posts Title Display

404

We Are Sorry, Page Not Found

Home Page
Em Casa Nova, no norte da Bahia, a Caravana da Justiça Social promoveu atividades dedicadas exclusivamente às pessoas idosas. Nesta sexta-feira (31), a iniciativa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social  (SJDHDS) reuniu grupos da terceira idade para rodadas de conversa sobre direitos, cidadania e políticas públicas destinadas para esse  público.

Durante a atividade, os participantes puderam expor suas histórias de vida e conhecer o Estatuto do Idoso, que prevê princípios da proteção integral e da prioridade absoluta às pessoas com mais de 60 anos, além de regular direitos específicos para essa população.

"Esse é um momento importante. Muitas pessoas aqui não sabem quais são os seus direitos, não conseguem reconhecer e identificar a violação deles. Então, esse encontro é ideal para tirar dúvidas e apresentar os benefícios destinados a cada um deles", explicou a coordenadora de Políticas Públicas para o Idoso (CPPI/SJDHDS), Lúcia Mascarenhas, que esteve acompanhada por Kátia Rocha, técnica de referência de benefícios, e por Laura Bamberg, integrante da Superintendência de Assistência Social (SAS/SJDHDS).

Na ocasião, a coordenadora de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa também falou sobre a importância da criação do Conselho Municipal. "Além de realizar esses momentos com os idosos, estamos buscando incentivar a criação dos Conselhos, pois a interação entre poder público e sociedade civil é de suma importância na  formulação de políticas públicas e na fiscalização, para se fazer cumprir as leis que garantem o direito do idoso", disse.

A roda de conversa também incluiu momento de descontração, com cantigas de roda,muitos sorrisos e alegria, como a que estava estampada no rosto do aposentado Albino de Souza, 76 anos, que foi até a Caravana da Justiça Social para atualizar seus documentos e não perdeu a oportunidade de participar da reunião.
"Fui muito bem acolhido aqui, além de ser surpreendido com essa ação destinadas aos idosos. Foi um momento de diversão e conhecimento. Aprendi sobre os meus direitos. Se tiver mais, eu venho", destacou. 

A reunião teve a participação de membros do Centro de Referência do município, do Grupo de Convivência Paz e Amor e da equipe técnica da SJDHDS.